Mês do Rock - AC/DC -“ Back in Black”(1980) - O definitivo álbum de rock
  • RSS feed
  • Twitter
  • Facebook
  • Google+
  • Vimeo
 

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /var/www/html/overdrivers.com.br/web/wp-content/themes/mural/sub-header-bar.php on line 111

Mês do Rock – AC/DC -“ Back in Black”(1980) – O definitivo álbum de rock


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /var/www/html/overdrivers.com.br/web/wp-content/themes/mural/single.php on line 11

Mês do Rock – AC/DC -“ Back in Black”(1980) – O definitivo álbum de rock

Hello, Overdrivers! Feliz “Mês do Rock” para todos.
Neste  Julho, mês que contempla a “Sexta Feira 13 do Rock”, postarei aqui, divagações, críticas e opiniões sobre grandes discos do rock.

Hoje falaremos do álbum de rock mais vendido de todos os tempos e o segundo de toda a história fonográfica, atrás apenas de Thriller do Michael Jackson.

O AC/DC, foi uma das primeiras bandas de rock que conheci. Estava em Peruíbe, litoral sul Paulista, no início dos anos 80, quando meu primo me perguntou se eu conhecia rock e se já tinha ouvido falar de Iron Maiden, AC/DC e Ozzy. Não conhecia nada daquilo. Era um sábado e ele ligou a TV num programa da Cultura chamado Som Pop e me mostrou um vídeo de cada um. Eu, moleque, esperando alguma coisa para destilar minha rebeldia, chapei nisto que se chamava Rock and Roll e Heavy Metal. Foi impactante. A música do AC/DC que estava rolando era “For Those (About Rock)”, mas meu primo me disse que eu tinha que ouvir o disco preto, “Back in Black”.

Me contou que o disco era preto, como uma homenagem (luto) ao ex-vocal, Bon Scott, que foi encontrado morto após ter se intoxicado e engasgar com o próprio vômito contendo litros de bebida alcóolica. O vocal novo, Brian Johnson, tinha uma voz estridente , aguda e forte, mas o que me deixou mais impressionado, foi a energia daquele guitarrista revoltado que fazia uma dança com os joelhos, levantando e abaixando, fazendo uma careta de louco e vestido como aluno de colégio interno. Na mesma semana aprendi a imitar o Angus Young. Ele era o demônio encarnado. Não parava no palco. E, isto para um semi adolescente que pensa em mudar o mundo, é um prato cheio. O cara virou um ícone, um ídolo, e está para sempre na história do Rock.

Eu e meu irmão compramos dois álbuns, o “For Those…” e o “Back In Black”, mas o som quadrado, os riffs e as vozes em uníssono nos refrões do disco preto, me hipnotizaram. O LP não tinha encarte, apenas as letras. Era negro, Rock and Roll e ponto final. Simples, singular e porrada como um bloco de cimento. Com o tempo, conheci milhares de bandas, mas nada pode superar, quando se fala em Rock and Roll, este disco, que considero o “Rock and Roll Definitivo”.

Abaixo a canção homônima, mais tocada em funerais no Reino Unido e na Austrália. Um hino do rock.

Feliz Mês do Rock!

Comments

comments

 

About Rodrigo Pulga Joe

Cantor, compositor, entertainer e diretor de arte. Um devorador de filmes, séries, shows, músicas e baladas. Ah! Desce mais uma dose de cultura pop, please! Álbuns - Pulga Joe: www.youtube.com/pulgajoe View all posts by Rodrigo Pulga Joe
 

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA OVERDRIVERS NO FACEBOOK

publicidade