Lollapalooza: Porque sempre sobra espaço na platéia do Jane's Addiction?
  • RSS feed
  • Twitter
  • Facebook
  • Google+
  • Vimeo
 

Lollapalooza: Porque sempre sobra espaço na platéia do Jane’s Addiction?

Foto: De Celular. SEM ZOOM BRASIL!

 

Sério. Alguém me explica?

O Jane’s Addiction tocou na segunda noite do LollaPalooza para um público bem menor que a competência da banda de Perry Farrel.
Em 2009 o Jane’s Addiction participou do Festival Maquinária e não foi diferente.
Entre as poses de Perry Farrel e os riffs impecáveis de Dave Navarro aconteceu um dos melhores shows do Lollapalooza, mas isso não parece suficiente para agradar a platéia brasileira.

Ah. Você estava lá se esmagando para ver o Artic Monkeys? Ok. Foi um bom show, mas sempre fico com aquela sensação de que falta alguma coisa.

E a Joan Jett, hein? Como eu queria ter visto. Tenho certeza que muitas pessoas que estavam esperando o Foo Fighters também. Em um festival com tantas bandas no Line-Up e extremamente pontual, eu bem que desejei um pouco do jeitinho Brasileiro ou a pontualidade do Axl Rose para que o Headliner da noite atrasasse e eu pudesse assistir uma das  pioneiras do Rock Feminino.

Mas não foi o caso e o Foo Fighters entrou até um pouco antes do horário. Eu prefiro te poupar de ler MAIS UMA crítica de fã, já que foi isso que a imensa maioria da imprensa rocker fez.

Outro destaque do Lollapalooza foi o Jockey Club. A lama é a mesma, mas pelo menos é uma lama vizinha. Pra que ir até Paulínia pra se sujar, né? Fora a vista que fez lembrar e muito o Lollapalooza Chicago.

Momento mau humor no Lollapalooza:

1° LUGAR – MGMT Santo Deus, que chatisse!
2° LUGAR – O Look meia calça na lama tão popular entre as presentes
3° LUGAR – O Hot Pocket borrachudo custando R$ 8,00

Comments

comments

 

About Simone Blanche

Trabalho com marketing de conteúdo e produção de shows. Adoro quebrar regras e fugir do óbvio com trilha sonora barulhenta. View all posts by Simone Blanche
 

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA OVERDRIVERS NO FACEBOOK

publicidade