Montage of Heck: The Home Recordings - ‘All Apologies’, Kurt - Overdrivers
  • RSS feed
  • Twitter
  • Facebook
  • Google+
  • Vimeo
 

Montage of Heck: The Home Recordings – ‘All Apologies’, Kurt

O lançamento de Montage of Heck: The Home Recordings me trouxe um questionamento. Nós precisamos fazer mais uma autópsia em Kurt Cobain e ouvir a demo da demo de músicas tão boas?

Fico com a resposta de quem esteve ao lado dele durante muitos dias de sua curta existência:

“Ele odiava ser humilhado “… “se ele achasse que estava sendo humilhado, nós víamos a raiva sair”.

Krist Novoselic em Cobain: Montage of Heck

 Sim, eu estava curiosa e fui ouvir Montage of Heck: The Home Recordings esperando algo “novo”, algo que ainda não conhecia sobre Kurt Cobain, um ultimo suspiro talvez. Encontrei apenas a humilhação que ele tanto temia.

As faixas são uma sucessão de guitarras desafinadas e desplugadas com um murmuro por cima e alguns trechos de palavras faladas que nada acrescentam. Tudo com um pertinente  e desagradável chiado de fundo. zZZZzZzz

Mas o álbum tem raros momentos que valem a pena serem ouvidos. Gostei da versão de And I Love Her dos Beatles e de DO RE MI a última música de Montage of Heck: The Home Recordings e também a última que Cobain escreveu. Uma versão editada já tinha sido disponibilizada em ‘With The Lights Out’ (outra autópsia de Kurt Cobain). Ou seja, poderíamos viver sem essa.

Quer um último suspiro? Vai encontrar no Incesticide, no Unplugged ou no maravilhoso documentário Cobain: Montage of Heck, onde, além das entrevistas com os pais de Cobain, a ex-namorada Tracy, a viúva Courtney Love e Krist Novoselic, o diretor Brett Morgen usou filmagens em Super 8, fotografias antigas e material do diário do próprio Kurt para contar de maneira poética e pouco comum a trajetória triste e perturbada de um dos maiores astros do Rock.

Eu não vou comprar o Vinil duplo, nem CD com 13 faixas ou a edição especial com 31 de Home Recordings. Aliás, eu não vou comprar mais nenhum “lançamento” do Nirvana, do Kurt Cobain ou qualquer outra coisa que saia do storage da Courtney Love. Nem para mim, nem para colocar debaixo de uma árvore de Natal para presentear alguém.

‘All Apologies’, Kurt.

O que você achou desse “lançamento”? Deixe seu comentário. 

COBAIN: MONTAGE OF HECK Trailer (2015)

Comments

comments

 

About Simone Blanche

Trabalho com marketing de conteúdo e produção de shows. Adoro quebrar regras e fugir do óbvio com trilha sonora barulhenta. View all posts by Simone Blanche
 

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA OVERDRIVERS NO FACEBOOK

publicidade