#OverDicas:"Bloodline" poderia acabar na 1ª temporada. Graças à ousadia da Netflix, não acabou! - Overdrivers
  • RSS feed
  • Twitter
  • Facebook
  • Google+
  • Vimeo
 

#OverDicas:”Bloodline” poderia acabar na 1ª temporada. Graças à ousadia da Netflix, não acabou!

No ano de 2015, a Netflix lançou a série “Bloodline”. Nesta, os Rayburn, uma família do litoral da Flórida, com uma tragédia misteriosa no histórico familiar, se vêem totalmente desesperados, quando Danny, o filho mais velho e “ovelha negra” da família, volta para infernizar a todos e desenterrar os demônios do passado de cada um dos personagens.

A série que indicou Kyle Chandler, pelo papel do policial John Rayburn, e Ben Mendelsohn, pelo papel do rebelde Danny Rayburn, a Emmys e Globos de Ouro (pelos papéis de ator e ator coadjuvante, respectivamente), fechou sua 1ª temporada de forma grandiosa. O final foi tão grandioso, que a mesma poderia se caracterizar como uma minissérie e não estender o que ficou perfeito. Desde o 1ª episódio da série já sabemos que Danny morrerá no último episódio da 1ª temoporada. Que tudo então acabasse por ali. Com o arco completamente fechado. Com uma espetacular temporada de suspense, drama familiar e tensão psicológica. Porém, a Netflix, antes mesmo do final da 1ª, já anunciava uma 2ª temporada, que com o desenrolar dos fatos apresentados pelo roteiro, parecia impossível, e talvez ficasse tudo bem morno, pois teoricamente o “vilão” já morreu. OK. Não foi isto que aconteceu.

Acabamos de assistir a toda esta 2ª temporada de “Bloodline”, que saiu neste último mês de maio, e incrivelmente, ficamos estupefatos. Todo o clima de suspense que vimos na 1ª temporada é totalmente reconstruído de maneira inteligentíssima pelos roteiristas e editores. A tensão cresce dentro do mesmo ambiente familiar, e para variar, parece que tudo vai estourar em cima do irmão mais velho (John Rayburn), novamente. Muitos dos personagens que ficaram em segundo plano na 1ª temporada são mais explorados, e tem um crescimento que só faz aumentar a tensão. O crime (morte de Danny), que acontece no final da 1ª temporada, pode levar os personagens principais à consequências terríveis a qualquer momento. E isso deixa o espectador com a goela travada. Os Rayburn estão encurralados.

Há também a presença de John Leguizamo, como um amigo antigo de Danny Rayburn. Ele faz um “Bad Boy” bastante inspirado em Robert De Niro, como Max Cady, em “Cabo do Medo”. O cabelo lambido para trás e as invasões de privacidade sobre a família Rayburn, lembram o lendário personagem de De Niro.

Se no final da 1ª temporada parecia que deixariam tudo resolvido para os Rayburn, no final desta 2ª, ficamos desesperados para que comece logo a 3ª. Só que ela só vem em 2017. E até lá vamos ter que indicar esta série para muita gente. Afinal, ela não está entre as mais faladas, mas pode apostar que vale a pena visitar o passado, presente, e quem sabe qual futuro, para esta misteriosa, carismática, não unânime e inconsequente família Rayburn. Assista!

Comments

comments

 

About Rodrigo Pulga Joe

Cantor, compositor, entertainer e diretor de arte. Um devorador de filmes, séries, shows, músicas e baladas. Ah! Desce mais uma dose de cultura pop, please! Álbuns - Pulga Joe: www.youtube.com/pulgajoe View all posts by Rodrigo Pulga Joe
 

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA OVERDRIVERS NO FACEBOOK

publicidade