Muse - The 2nd Law (2012) - Ópera Rock Eletrônica é Viagem Futurista com Clima de "Queen"
  • RSS feed
  • Twitter
  • Facebook
  • Google+
  • Vimeo
 

Muse – “The 2nd Law” (2012) – Ópera Rock Eletrônica é Viagem Futurista com Clima de “Queen”

Hello, Overdrivers!
O que esperar da mente de um gênio? Para você que acompanha a carreira do trio “Muse”, ou já assistiu algum dos shows no Brasil e se surpreendeu com o vocalista/guitarrista/pianista/tecladista/compositor/maestro, Mathew Bellamy, não vá se decepcionar. O novo disco da banda acompanha a evolução da cabeça deste superdotado cantor. Mas não é um álbum para todomundo. A “viagem” é mais longa.

Quando se esperava que o Muse iria voltar para suas raízes rockeiras dos primeiros 4 discos, eis que vemos que a idéia de “Ópera Rock”, elaborada no último disco “The Resistance”, de 2009, foi só alimentada mais eletronicamente e psicodelicamente neste novo trabalho.

O CD “The 2nd Law” tem funk, dance, rock, eletrônico para pistas e baladas com linhas de lounge. Tudo com os “riffs” de guitarra característicos da banda, mas “viaja” dentro de uma salada de “Ópera Rock” com forte influência de “Queen”. Tudo que ouvi, me lembrou tanto nas linhas de voz, quanto no instrumental, clássicos da banda de Freddie Mercury, como “Bycicle Race”, “A Kind Of Magic” e “I Want To Break Free”, revisitados com menos rock e mais tecnologia de hoje. Para mim, o exagero nestes elementos, afastou o rock. Acaba sendo um CD para quem é fã de carteirinha mesmo e entende a história sonora da banda.

Na minha modesta opinião, para gostar deste disco, temos que ouvir a discografia inteira do Muse e notar a evolução da cabeça deste maestro matemático sensível da música. É notável que seu conhecimento musical é tão grande, que parece que o mesmo não encontra mais caminhos musicais para surpreender, e voa cada vez mais internamente dentro desta que é a sua obra.

A música de trabalho escolhida para este álbum, é uma canção pop, que apesar de ser linda, lembrará o disco “Discoteque” do “U2”, e a linha “Queen” citada acima. O resto do disco, se você curtiu ou não, só ouvindo, pois como escrevi lá em cima, não é para todomundo. Tem que entender muito a banda e quase se transformar num extraterrestre do futuro para gostar. Como já estou me transformando, sou fã e sou nerd pacas, gostei. Ouça esta bela música, adquira as músicas do CD, e descubra se quem está “viajando” sou eu. Aliás, a banda disponibilizou o novo álbum na íntegra para “streaming” em seu site (link).
Bom divertimento!

Comments

comments

 

About Rodrigo Pulga Joe

Cantor, compositor, entertainer e diretor de arte. Um devorador de filmes, séries, shows, músicas e baladas. Ah! Desce mais uma dose de cultura pop, please! Álbuns - Pulga Joe: www.youtube.com/pulgajoe View all posts by Rodrigo Pulga Joe
 

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA OVERDRIVERS NO FACEBOOK

publicidade