#OverDicas: De repente, está todo mundo assistindo à "Vikings"!
  • RSS feed
  • Twitter
  • Facebook
  • Google+
  • Vimeo
 

#OverDicas: De repente está todo mundo assistindo “Vikings”

Quando escolhemos uma série para assistir, acabamos por dar a preferência para aquela que é a premiada, ou a que vem sendo indicada pelo nosso grupo de amigos nas redes sociais. Claro que quem faz um trabalho excelente de marketing, ou trabalha com um título consagrado, também já entra com o pé no peito no quesito audiência.

A série irlando-canadense (praticamente sem atores norte americanos) “Vikings”, apresentada na TV pelo History Channel e encontrada também na Netflix, já apresentava resultados com números relevantes (média de 2,4 milhões de telespectadores por temporada) nos EUA, o que, convenhamos, já é difícil, pois os americanos tendem a dar preferência às suas próprias produções. Eu, um aficionado por séries, confesso que sempre quis assistir, mas sempre empurrava “Vikings” para depois. E, ao perguntar nos anos anteriores para meus amigos sobre a série, recebia dois tipos de resposta: os poucos que haviam assistido diziam que a mesma era “animal”, mas a grande maioria dizia, “nunca assisti”.

Neste ano de 2017 decidi iniciar a jornada, e notei que curiosamente, tanto meus amigos, como várias personalidades artísticas brasileiras estavam assistindo a saga dos nórdicos ao mesmo tempo que eu. O ator Bruno Gagliasso apareceu outro dia com o cabelo raspado e com tranças, no estilo viking. O vocal Tico Santa Cruz faz postagens “direto” sobre a produção. Todos os meus amigos estão viciados, e pode apostar, aquela sua vizinha da esquina está assistindo também. E vocês querem saber a nota da mesma? É 11! Pois se formos avaliar de 0 a 10, a nota máxima ainda é baixa. Interpretação, fotografia, roteiro e direção: é tudo além do ótimo. Acabaram-se as festas, os encontros sociais e tudo mais. Ao assistir, suas vidas virarão “Vikings” até acabarem com tudo já produzido. Ah! E as garotas vão ficar apaixonadas pelos bonitões cabeludos que lembram astros do Heavy Metal.

A série, que já foi renovada para sua 5ª temporada, faz um “mix” da história real e de lendas nórdicas para contar a vida do conhecido guerreiro sanguinário e conquistador, Ragnar Lothbrok, suas invasões, o destino de seus filhos, e os usos e costumes quase que primitivos do modo de vida viking. Além de Ragnar, nós espectadores nos ligamos rapidamente com Rollo (seu irmão), a linda e escudeira Lagertha (sua esposa) e o “mucho loko”, Floki. As cenas de violência são chocantes, não poupando durante as invasões, nem mulheres e nem crianças, mas a responsabilidade do History Channel é de ser o mais fiel a tudo que se descobriu sobre Ragnar e seu clã entre os séculos VIII e IX. Há também conflitos entre a religião mitológica dos Deuses Nórdicos (Odin, Thor, Loki, entre outros) e o impacto da expansão do cristianismo em meio às várias religiões consideradas pagãs no mundo antigo. É uma aventura dramática, com muita informação interessante sobre o povo que viveu nas regiões hoje compreendidas por Noruega, Dinamarca e Suécia.

Apesar das 4 temporadas, não vou dar “spoilers”, e sim recomendar com alto grau de uma #Overdica imperdível, a série que invadiu com um golpe na mente de inconsciente coletivo todos os brasileiros. Fica aí o trailer da 1ª temporada para não estragar a festa. Abram uma breja, celebrem, vibrem, chorem, rasguem o sofá e se emocionem com “Vikings”. É o vício!

Comments

comments

 

About Rodrigo Pulga Joe

Cantor, compositor, entertainer e diretor de arte. Um devorador de filmes, séries, shows, músicas e baladas. Ah! Desce mais uma dose de cultura pop, please! Álbuns - Pulga Joe: www.youtube.com/pulgajoe View all posts by Rodrigo Pulga Joe
 

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA OVERDRIVERS NO FACEBOOK

publicidade